Regência – Guillaume Bourgogne (França)

Guillaume Bourgogne,  estudou saxofone em sua cidade natal, Lyon, antes de ingressar  no CNSMD (Conservatório Nacional Superior de Música de Paris), onde obteve o diploma superior de Direção de Orquestra sob a direção de Janos Fürst.

Atualmente, Guillaume é diretor musical da Camerata Aberta, (São Paulo) e co-diretor artístico do grupo Cairn (Paris), junto ao compositor Jérôme Combier.

É freqüentemente convidado para dirigir diversas formações instrumentais, tais como:  Orquestra Gulbenkian (Lisboa), Orquestra Filarmônica de Nice (França), Orquestra Filarmônica de Seul, Grupo TIMF (Corea do Sul), Orquestra Nacional Bordeaux-Aquitaine, orquestra da Bass-Normandie e por grupos tais como: Contrechamps (Genebra) Court-circuit, L’Itinéraire (Paris), Les Temps Modernes, L’Ensemble Orchestral Comteporain (Lyon) ou Linéa (Strasbourg).

À frente  destas formações, realiza concertos em grandes festivais no mundo, entre eles podemos destacar: Musica, Strasbourg ; Tage für neue Musik, (Zurique), Märzmusik, (Berlim),  Radar, (México), Festival de Campos do Jordão, (Brasil), Festival d’art lyrique, Aix-en-Provence, Tongyeong international music festival (Korea) ; Música Viva, Lisboa ; Ars Musica (Belgica) ; Darmstadt Ferienkurse (Alemanha), Borealis (Noruega) ; Archipel, (Genebra), Fondation Royaumont, entre outros.

Além do mais, entre os anos de 2000 e 2007 atuou como diretor Musical da orquestra Synaxis, em Viena, realizando concertos em diversos festivais, como : Les 38e Rugissants, Les Francofolies, Jazz à Vienne, Sons d’hiver e na Cité de la Musique, (Cidade da Música em Paris).

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: